Crime à segunda


Chegou a altura de reunir as dez histórias de criminosas que, ao longo de dez semanas, aqui publicámos às segundas-feiras. São as histórias de mulheres que assassinaram, roubaram e burlaram por Portugal fora, nos séculos XIX e XX. Aproveite para ler ou reler. Outra série se seguirá, em breve. Daremos notícias

Anabela Natário (textos)
João Roberto (grafismo)
e Maria Romero (webdesign)

Um crime bárbaro e espantoso
uma filha que mata e despedaça sua mãe

A gatuna pianista
Guilhermina Adelaide

Serviu-lhe a morte
num prato de arroz

Giraldinha
a gatuna mais famosa do século XIX

O veneno era para as baratas
mas foi parar ao marido

Olha a Manuela
cuidado com ela

Passou-lhe uma nuvem pela cabeça
deitou-lhe as mãos e… matou-o

Dá cá dinheiro para pôr a render
... para os meus amantes

Esperou que o marido adormecesse
e deu-lhe quatro tiros

De Aguardenteira a incendiária
namorando um assassino